Lela Canela Rocks!

Miss Pamela

Com o surgimento de bandas de rock no cenário musical na década de 60 e 70, surgiram também as “groupies”, garotas que veneravam, seguiam e namoravam estrelas de rocks.

E quando falamos de groupies, é impossível não falar de Pamela Des Barres, groupie legendária, dona de uma beleza ímpar ( mais parecida com uma boneca) e de uma extensa lista de relacionamentos com rock stars.

Fâ de Evis e do Beatle Paul McCartney desde de pequeneninha, Pamela sonhava em conhecer seus ídolos bem de pertinho.  Seu sonho se tornou realidade ao conhecer através de um colega do colegial o roqueiro Frank Zappa.

Zappa teve uma imediata simpatia por Pamela e a contratou como babá de seus filhos. Com o tempo Zappa foi descobrindo que Pamela era uma adoradora de rock e mais do que uma babá. Passou a levá-la a eventos de rock e a apresentá-la artistas influentes da época. Logo Miss Pamela passou a acompanhar esses artistas e a namorá-los também. E olha só a lista de relacionamentos amorosos da Pamela: Mick Jagger dos Rolling Stones, Jimmy Page do Led Zeppelin, Keith Moon baterista do the Who, Nick St. Nicholas, Gram Parsons, Noel Redding, Chris Hillman, Waylos Jennigns, o ator Don Johnson, o diretor Woody Allen e outros mais….

Com uma lista dessa dá para entender a relevância de Pamela no cenário musical daquele período? Ela era mais do que uma groupie, era adorada e admirada por seu carisma e beleza. Não é à toa que sua história serviu de inspiração para a personagem  Penny Lane do filme Quase Famosos, que rendeu a atriz Kate Hudson um Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante e a indicação ao Oscar de melhor atriz coadjuvante. Super recomendamos o filme!


Pamela se casou e teve um filho com o também roqueiro Michale Des Barres. Em 1991 ela se divorciou de Michael. Atualmente ela reside em Los Angeles, é autora de quatro livros, I’m with the band, Take another piece of my heart: A groupie grows up, Rock Bottom: Dark Moments in Music Babylon e Let’s Spend the Night Together: Backstage Secrets of Rock Muses and Supergroupies, escreve para revistas, ministra cursos de escrita entre outros negócios.

Imagina o quanto de boas histórias a Pamela deve ter para contar? : )

Mais uma maneira de usar o lenço, by Burberry

Qual mulher não ama um lenço? Amamos porque ele é versátil, podemos usar de diversas maneiras, da cabeça aos pés. Não tem como o lenço não dar aquele toque diferencial no look.

Além de lançar uma coleção de inverno belíssima com seus famosos trench coats dessa vez com um toque boêmio conferidos pela estampas florais, a Burberry lançou das passarelas ao street style uma nova maneira de usar o lenço. E olha que não é nada complicado, ao contrário, é super simples, mas olha no foto da Olivia Palermo acima, não fica super chic usar o lenço por cima de um casaco ou vestido e amarrá-lo com um cinto??

Que tal experimentar?? Tira o lenço do armário já!!

Para mais ideias de como usar o lenço, vale a pena checar esses dois links com postagens sobre o assunto :  ManRepeller e Lenços

Estrela Solitária

O brinco de pérola tribal da Dior além de se tornar uma mania entre as mulheres, trouxe também de volta uma tendência na forma de usar os brincos, a de apenas usar um brinco na orelha, como mostramos aqui no blog da Lela há algum tempos atrás. Sim, apesar de você ver por ai mulheres usando os dois pares de brinco de pérolas, a maneira certa de usar o brinco, ditada pela maison francesa é de apenas usar um só na orelha.

Desde então, na última coleção de inverno que começará a vigorar em breve no exterior, a proposta de algumas marcas como Louis Vuitton, Céline e Saint Laurent é a de usar somente um “statement earring”. O brinco da Louis Vuitton, que possui um aparência de chaveiro, já é um sucesso entre as fashionistas e parecer ter vindo para substituir o brinco hit de pérola da Dior. Ele apereceu nós últimos meses em diversos editorias, inclusive em um com a atriz Kate Hudson para uma revista de moda. Os maxi brincos da Céline e o de franja da Saint Laurent, também parecem ter agradado os editores de revistas de moda, assim como o da LV, eles também aperecem em editorias de moda seguindo a mesma proposta, a de usar um brinco só.

Como usar essa tendência? Aproveite aquele maxi brinco, a graça é dele ser grande e marcante o bastante que não precise usar dois dele, e sim apenas um.

Let it burn at Burning Man

De todos festivais de música, O Burning Man ganha o título de mais louco, intenso e como muitos definem ” a life changing experience”. O que faz o festival de música Burning Man ser especial e diferente dos outros?

Para começar o evento acontece no meio do deserto de Nevada, em Black Rock City, isso quer dizer nada de sinal de celular ou contato com redes sociais e com o mundo cibernético. São seis dias de festival idealizado para as pessoas curtirem, dançarem, saborearem um pouco de arte feita de uma maneira que jamais alguém tenha visto antes, para conhecer novos amigos e tribos, e para praticarem o desapego total.

O Festival possui regras rígidas, nada se vende e nada se compra, tudo é doado. Para dormir, muitos acampam ou vão de traillers esquipados com toda estrutura de uma mini casa. Cada um também é responsável por levar sua comida e água, muita água, afinal o festival é no deserto e no meio do nada.

Os frequentadores têm que passar por variações extremas de temperatura, do calor de 40 graus durante o dia ao frio intenso da noite. Sem contar que acontecem tempestades de areia, por isso, o item básico para levar ao Burning Man é o óculos google, para proteger os olhos do contato com a areia e para não estragar a diversão.

No quesito estilo, todos parecem ser figurantes do filme Mad Max. Muito couro, tacha, penas sintéticas ( penas de verdade são proíbidas). A ordem é de ser criativo e usar looks confortáveis. Mas tem de tudo, looks muito excêntricos, loucos, estilosos e até pelados. Mas o que não falta é estilo, é sem dúvidas um festival para inspirar.

A estrutura do festival é incrível. Uma cidade é construída para os seis dias de festival, no sétimo dia tudo é queimado. Várias boates se espalham pelo deserto, por serem distantes uma das outras, as pessoas utilizam bikes para se locomover.

Além das boates existem diversas instalações artísticas em carros, bicicletas, com espelhos, madeira, de todas formas possíveis. O mais inacreditável é que todas instalações, inclusive a principal, um estrutura simbólica do Burning Man, são queimadas. O porque? Transmitir a experiência do desapego para as pessoas, o que vale são os momentos vividos, nada de apego ao material. Não é à toa que todas as pessoas que frequentaram o Burning Man dizem que ele é mais do que um festival, é uma experiência de vida.

Queremos experimentar!!

Meias nos joelho já !

Quer manter suas pernas aquecidas e estilosas nesse inverno? Esqueça a meia calça por um tempo e substitu-a pela meia 3x4. Elas são bem mais estilosas do que a meia calça, aquecerão suas pernas e te oferecerão aquele retrô vibe da década de 60 ou de college girl.
 ** OBS: Para não errar na produção com a meia 3x4, escolha sempre usar um short, uma saia ou vestido bem curtinho e voilá!

Tattoo com cara de bijoux

Sempre de olho nas novidades da moda aqui no Brasi e lá fora, detectamos uma nova mania entre as bohetes nos Estados Unidos, são essas tattoos temporárias com cara de bijoux, as “flash tattoos” ou “jewelry tattoos” como se diz nos states.

As tattoos são ideais para as meninas que adoram tattoos mas não tem coragem de fazer uma. E para aquelas que adoram uma novidade em bijuteria, as tattoos possuem na sua maioria a cor dourada, o que as fazem parecer mais com colares e braceletes do que com uma simples e temporária tatuagem.

Segundo os nosso radares, a Jewelry tattoo ainda não chegou aqui no Brasil, porém é uma novidade recente do verão americano. Quem sabe em alguns meses ela aporta no Brasi? Vamos aguardar…

Lela Canela Rocks